Defesa diz que assassino confesso de miss no Amazonas está arrependido

Foto: Divulgação

O advogado de defesa de Rafael Rodrigues, que confessou ter matado a miss Kimberly Karen Mota, de 22 anos, disse que ele se manifestou arrependido pelo crime. Rodrigues foi preso na sexta-feira (15) em Roraima.

Rafael Rodrigues tem 31 anos e era considerado foragido. Depois de ser localizado, ele disse à polícia que cometeu o assassinato por ciúmes. Com algemas e descalço, ele chegou em Manaus na noite de sábado (16).

O advogado do suspeito, Johnny Brito, disse que acompanhou o depoimento dele à polícia e que, partir de agora, irá se inteirar do conteúdo dos autos. Segundo Brito, Rafael se arrepende do crime.

“Em momento algum ele nega, é réu confesso. Ele demonstra arrependimento. Sabe da gravidade do que ele fez. Se arrepende, falou isso abertamente para as autoridades policiais”, disse.

O assassinato

corpo da Miss Manicoré, Kimberly Karen Mota de Oliveira foi encontrado na madrugada de terça-feira (12), dentro do apartamento de Rafael Rodrigues. A última vez que a família teve contato com miss foi no domingo (10), quando ela moça disse que estava com o namorado, relatou um tio ao G1.

O advogado de defesa de Rafael Rodrigues, que confessou ter matado a miss Kimberly Karen Mota, de 22 anos, disse que ele se manifestou arrependido pelo crime. Rodrigues foi preso na sexta-feira (15) em Roraima.

Rafael Rodrigues tem 31 anos e era considerado foragido. Depois de ser localizado, ele disse à polícia que cometeu o assassinato por ciúmes. Com algemas e descalço, ele chegou em Manaus na noite de sábado (16).

O advogado do suspeito, Johnny Brito, disse que acompanhou o depoimento dele à polícia e que, partir de agora, irá se inteirar do conteúdo dos autos. Segundo Brito, Rafael se arrepende do crime.

“Em momento algum ele nega, é réu confesso. Ele demonstra arrependimento. Sabe da gravidade do que ele fez. Se arrepende, falou isso abertamente para as autoridades policiais”, disse.

Veja mais: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2020/05/17/defesa-diz-que-assassino-confesso-de-miss-no-amazonas-esta-arrependido.ghtml