Prefeito de Manaus e primeira-dama seguem internados em tratamento para Covid-19

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), e a primeira-dama, Elizabeth Valeiko, seguem internados em tratamento para Covid-19 no Hospital Adventista, na capital. Conforme boletim médico desta quinta-feira (2), Arthur realizou exames que já mostram melhora do quadro clínico.

Ele foi diagnosticado com a doença na segunda-feira (29). Arthur divide leito com a sua esposa, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, que também testou positivo para Covid-19 na segunda. Até esta quinta-feira, Manaus registra mais de 28 mil casos confirmados do novo coronavírus. Em todo o Amazonas, o total passa de 73 mil.

Ainda conforme boletim médico, o prefeito continua sem necessidade de fazer medicação venosa, fazendo uso da ventilação não invasiva e se recuperando bem.

Em maio, a primeira-dama havia anunciado ter testado positivo para a doença, mas acredita que o teste rápido tenha dado falso positivo. Desta vez, Valeiko passou por exame de Proteína C-reativa (PCR), apresentando apenas sintomas constitucionais, e também mostra boa recuperação.

Na noite desta terça-feira (30), o prefeito em vídeo publicado em suas redes sociais, o prefeito disse que com o trabalho que exerce, mesmo cumprindo isolamento social no período mais crítico da pandemia na capital e adotando medidas de prevenção, “uma hora esse encontro com a Covid-19 ia acontecer”

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), e a primeira-dama, Elizabeth Valeiko, seguem internados em tratamento para Covid-19 no Hospital Adventista, na capital. Conforme boletim médico desta quinta-feira (2), Arthur realizou exames que já mostram melhora do quadro clínico.

Ele foi diagnosticado com a doença na segunda-feira (29). Arthur divide leito com a sua esposa, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, que também testou positivo para Covid-19 na segunda. Até esta quinta-feira, Manaus registra mais de 28 mil casos confirmados do novo coronavírus. Em todo o Amazonas, o total passa de 73 mil.

Ainda conforme boletim médico, o prefeito continua sem necessidade de fazer medicação venosa, fazendo uso da ventilação não invasiva e se recuperando bem.

Em maio, a primeira-dama havia anunciado ter testado positivo para a doença, mas acredita que o teste rápido tenha dado falso positivo. Desta vez, Valeiko passou por exame de Proteína C-reativa (PCR), apresentando apenas sintomas constitucionais, e também mostra boa recuperação.

Na noite da terça-feira (30), o prefeito em vídeo publicado em suas redes sociais, o prefeito disse que com o trabalho que exerce, mesmo cumprindo isolamento social no período mais crítico da pandemia na capital e adotando medidas de prevenção, “uma hora esse encontro com a Covid-19 ia acontecer”