Casos de Covid-19 no Amazonas sobem para 86.944 e número de mortes chega a 3.080

© REUTERS/Dado Ruvic/Direitos Reservados

O Amazonas registrou 1.144 novos casos de Covid-19, nesta quarta-feira (15), e chegou ao total de 86.944 confirmações para a doença, segundo boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). Mais 16 mortes também foram confirmadas para a doença, elevando o total de óbitos para 3.080.

Conforme o boletim, mais 970 pessoas se recuperaram da Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando a 72.928 o total de recuperadosOutras 10.936 pessoas com a doença se encontram internadas ou em isolamento domiciliar. Até terça-feira (14), o Governo do Amazonas havia realizado 192.622 testes para Covid-19.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 249 pacientes internados, sendo 179 em leitos clínicos (12 na rede privada e 167 na rede pública) e 70 em UTI (15 na rede privada e 55 na rede pública).

Há ainda outros 104 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 72 estão em leitos clínicos (29 na rede privada e 43 na rede pública) e 32 estão em UTI (15 na rede privada e 17 na rede pública).

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), nesta terça-feira (14), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 30,3%, e a taxa de UTI não Covid era de 71,6%. Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 29,6%; já os leitos não Covid registravam 69,4% de ocupação.

Municípios

Dos 86.944 casos confirmados no Amazonas até esta quarta-feira (15), 31.268 são de Manaus (35,96%) e 55.676 do interior do estado (64,04%). Nesta edição, quatro municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Apuí, Itamarati, Itapiranga e Jutaí.

  1. Manaus (31.268);
  2. Coari (6.159);
  3. Manacapuru (3.281);
  4. São Gabriel da Cachoeira (3.040);
  5. Tefé (3.022);
  6. Parintins (2.968);
  7. Itacoatiara (1.855);
  8. Barcelos (1.644);
  9. Tabatinga (1.579);
  10. Humaitá (1.551);
  11. Presidente Figueiredo (1.512);
  12. Benjamin Constant (1.478);
  13. Iranduba (1.428);
  14. Autazes (1.104);
  15. Maués (1.091);
  16. Santo Antônio do Içá (1.081);
  17. Alvarães (1.075);
  18. Eirunepé (1013);
  19. Careiro (1003);
  20. Santa Isabel do Rio Negro (907);
  21. Tapauá (855);
  22. São Paulo de Olivença (792);
  23. Lábrea (785);
  24. Boca do Acre (726);
  25. Barreirinha (725);
  26. Fonte Boa (712);
  27. Anori (709);
  28. Rio Preto da Eva (682);
  29. Carauari (650);
  30. Atalaia do Norte (641);
  31. Nova Olinda do Norte (621);
  32. Uarini (602);
  33. Guajará (598);
  34. Novo Aripuanã (596);
  35. Pauini (595);
  36. Borba (584);
  37. Itapiranga (549);
  38. Tonantins (524);
  39. Manicoré (516);
  40. Urucurituba (509);
  41. Beruri (491);
  42. Amaturá (472);
  43. Itamarati (429);
  44. Urucará (428);
  45. Anamã (377);
  46. Manaquiri (371);
  47. São Sebastião do Uatumã (329);
  48. Juruá (326);
  49. Japurá (320);
  50. Jutaí (302);
  51. Nhamundá (284);
  52. Maraã (274);
  53. Boa Vista do Ramos (258);
  54. Novo Airão (239);
  55. Silves (186);
  56. Caapiranga (175);
  57. Codajás (173);
  58. Canutama (143);
  59. Careiro da Várzea (116);
  60. Ipixuna (90);
  61. Apuí (78);
  62. Envira (52).

Por: G1 AM