Covid-19: com seis infectados, Fla encara Barcelona-EQU nesta terça

© Twitter/Flamengo

A lista de desfalques do Flamengo será grande para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, do Equador, amanhã (22), às 19h15 (horário de Brasília) pela Copa Libertadores da América. O clube anunciou na noite deste domingo (20), por meio do Twitter, que seis jogadores testaram positivo para o novo coronavírus (covid-19), entretanto os nomes dos atletas não foram divulgados. Desta forma, o sexteto terá de cumprir isolamento social preventivo por 14 dias. Embora o comunicado do clube afirmasse que todos os infectados estavam  assintomáticos, o meio-campista Diego Ribas publicou um vídeo no Youtube em que revela sentir dores na garganta.

Outro desafio do técnico Domènec Torrent para  montar o time rubro-negro  amanhã (22) será substiutuir outros cinco desfalques motivos diferentes. Os atacantes Gabriel Barbosa e Pedro Rocha, além do lateral-direito João Lucas estão se recuperando de lesão na coxa. Já o goleiro Diego Alves segue em tratamento de lesão no ombro. E, por fim, engrossando a relação de ausentes, o zagueiro Gustavo Henrique recebeu cartão vermelho na goleada por 5 a 0 contra o Independiente Del Valle e terá de cumprir suspensão.

No grupo 1 da Copa Libertadores, o vice-líder Flamengo, com seis pontos conquistados, vai encarar o lanterna Barcelona de Guayaquil, que ainda não pontuou, na casa do adversário, na cidade de Guayaquil. Os rubro-negros vão entrar pressionados pelas duas derrotas sofridas no dois últimos jogos. Pelo Campeonato Brasileiro o carioca perdeu fora de casa para o Ceará por 2 a 0. Pela Libertadores, na última quinta(17), os rubro-negros sofreram a impactante goleada por 5 a 0 contra o Del Valle, no estádio Casa Blanca, em Quito, no Equador.

Por: Rafael Monteiro – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro